Salvador, 12 de Novembro de 2018 - Tel: (71) 2104-1959

Newsletter

Cadastre seu email para receber novidade por email.

Nome:

Email:

Fotos e Vídeos



Facebook

Noticias

Célia Sacramento senta com MPL e tenta explicar falta de diálogo com ACM Neto

Postado dia 29 de Julho de 2013 às 15h57m

Se o prefeito de Salvador, ACM Neto, garantiu que não negociará com militantes políticos, se referindo aos integrantes do Movimento Passe Livre (MPL), que ocupam as dependências da Câmara Municipal de Salvador, a vice-prefeita Célia Sacramento deve pensar um pouco diferente. Na manhã desta segunda-feira (29), sentou com o grupo que protesta em frente à Casa Legislativa soteropolitana e, segundo os manifestantes, tentou explicar os motivos que afastam o gestor da cidade do diálogo com o MPL.

De acordo o integrante do MPL, Bruno Oliveira, Célia Sacramento justificou a distância do prefeito por causa da "agenda lotada" de ACM Neto.
 
"Ela veio dizer que o prefeito esteve com a agenda muito lotada esses dias. Nós, do movimento, não acreditamos nisso. Ele já demonstrou que não quer dialogar com o movimento. Demonstra a falta de prioridade em resolver. ACM Neto falou, inclusive, que não negocia com nós, manifestantes, alegando que somos militantes políticos. Se ele diz que não negocia porque somos de partidos políticos e ele não é?", criticou Bruno Oliveira.
 

Parque de Exposições: Wagner entrega equipamentos a 152 municípios

Postado dia 29 de Julho de 2013 às 14h50m

Mais 152 municípios baianos receberam nesta segunda-feira (29) máquinas que serão utilizadas na ações de convivência com a seca. A entrega foi realizada pelo governador Jaques Wagner, no Parque de Exposições de Salvador.

Com as 50 restroescavadeiras, 60 motoniveladoras e 42 pás-carregadeiras, as prefeituras poderão realizar obras de construção de aguadas e barragens, e implantação de estradas vicinais, beneficiando principalmente os pequenos agricultores.
 
A entrega dos equipamentos foi viabilizada através de uma parceria entre os governos federal e estadual. Este ano já foram entregues outras 536 máquinas.

Eleições de 2014: Otto diz que saída de Lídice não racha base do governo

Postado dia 29 de Julho de 2013 às 14h42m

Uma das fortes lideranças do governo Jaques Wagner, o vice-governador Otto Alencar, que é presidente do PSD na Bahia, segundo maior partido da base aliada, prega unidade e diz que não será problema, mas sim solução na sucessão estadual de 2014. Embora cotado como possível candidato ao Palácio de Ondina, o líder diz que cumprirá sua palavra ao apoiar o candidato que o governador Jaques Wagner (PT) escolher.
 
Em entrevista ao jornal Tribuna da Bahia, nesta segunda-feira (29), Otto comentou que governador tem muitas virtudes, e uma delas é a capacidade de escolher entre os quatro nomes. São 14 partidos da base aliada. Na hora certa ele vai chegar e chamar os presidentes para conversar e nós vamos chegar a um nome que tenha o respaldo de toda a base aliada. Ele nunca foi governador de estar impondo nomes a quem quer que seja. Acho que o nome que ele indicar vai ser depois da conversa com os partidos da base aliada. Ele nunca falou comigo sobre qual nome ele deseja apoiar. Dizem que podem ser candidatos pelo PT, os secretários Rui Costa, José Sérgio Gabrielli, o senador Walter Pinheiro e o ex-prefeito Luiz Caetano, mas ele (governador) nunca me falou nada. Eu acho que esse nome só sairá em 2014”, comentou.
 
Sobre a viabilização do secretário Rui Costa, Otto preferiu não comentar. “Aí eu não sei. É um exercício futurista. O Rui Costa tem muitas qualidades, tem virtudes políticas e pode disputar e receber o apoio do governador. Mas o governador nunca me falou qual seria o nome que ele iria apoiar. Vejo outras candidaturas colocadas na base aliada, como a de Marcelo Nilo, mas acho que está muito cedo. Este ano é muito difícil para o governo da Bahia, está realizando obras importantes, como o novo polo da Bahia, que será a região de Maragojipe e ainda outra grande intervenção que é a Fiol – Ferrovia Oeste Leste. É um ano de trabalho, de dificuldade não só para a Bahia, como para outros estados que vivem atualmente o arrocho fiscal. Precisamos terminar o ano bem, fazendo as obras que a população precisa”, acrescenta.
 
Questionado se a senadora Lídice da Mata (PSB) for alçada a candidata ao governo, e o presidente do PSB, governador Eduardo Campos, saia como candidato a presidente da República, Otto disse que a movimentação não racharia a base do governo estadual. “A Lídice tem votos substanciais. Não vou desqualificar a senadora, que tem uma história de vida e política honrada e digna, tendo uma densidade eleitoral grande, mas não creio na candidatura de Eduardo Campos, pois ele não tem densidade eleitoral. Ele tem em torno de 5% nas pesquisas depois de uma visibilidade muito grande e de ter dito que era candidato. Eu acredito que os adversários da presidente Dilma serão o PSDB, com Aécio Campos ou José Serra, e ainda a Marina Silva. Vai ser por aí e outro candidato de menor densidade eleitoral”, pontua.
 

Geddel sobre Neto e Paulo Souto: “não há chance de não estarmos unidos”

Postado dia 29 de Julho de 2013 às 14h39m

A confirmação de que o presidente do PMDB, na Bahia, Geddel Vieira Lima, será o "cabeça" da chapa de oposição com a presença ativa do prefeito de Salvador, reforça a teoria de que no segundo turno das eleições municipais no ano passado, enquanto ainda era candidato, ACM Neto (DEM) teria se comprometido em apoiar o peemedebista em troca do apoio na segunda fase das eleições, embora ambos neguem o pacto.
 
Em clima de campanha, o peemedebista acompanhou Neto na entrega de 500 escrituras de imóveis no Bairro de Paz no sábado (27). Além do possível apoio de Neto, o pré-candidato ao governo em 2014, revelou em seu Twitter que também conta com a ajuda do ex-governador da Bahia. “Tive uma ótima conversa com Meu amigo Paulo Souto e lamento ñ poder fazer amanhã a primeira viagem conjunta a Cruz das Almas Mas agora vamos palmilhar essa Bahia juntos, conversando com nossa gente (sic)”, publicou.
 
Na manhã desta segunda-feira (29), Geddel comentou em entrevista à rádio Povo de Jequié que não há hipótese dele disputar o governo com Neto ou Souto. “Eu já disse aos dois. Eu tenho absoluta certeza que vamos estar unidos. Tenho conversado com Paulo. Não há chance de não estarmos unidos na eleição do ano que vem”, pontua. E ressalta: “eu busco apoio de ACM Neto. Tenho conversado muito com ele e recebido retorno. Tenho tido com Neto uma relação franca, clara. Estou buscando apoio, mas já disse que desejo ser governador”.
 
Geddel comentou ainda que enxerga com naturalidade a aproximação de ACM Neto e o governador Jaques Wagner (PT). “Proximidade é normal e natural. São adversários políticos em outros partidos. Eles têm que se entender mesmo. Eleição é na hora da eleição. E se isso gera ciúme bobo, paciência. Problema de quem fica fazendo picuinha politica. É absolutamente natural que tem que se entender, tomando soluções conjuntas. Vão fazer o que? Ficar brigando, não se falar?”, ironiza.

McDonald’s abrirá primeira unidade no comunista Vietnã

Postado dia 28 de Julho de 2013 às 23h14m

A população do Vietnã poderá, enfim, experimentar o Big Mac a partir do início de 2014. A emblemática cadeia norte-americana de fast food, McDonald’s, anunciou neste domingo (28) que abrirá sua primeira unidade no país comunista, lembrado por sediar conflitos com os Estados Unidos durante a Guerra Fria. O empresário vietnamita Henry Nguyen foi o escolhido para dirigir as operações da empresa no local. A primeira loja será instalada na cidade de Ho Chi Minh e, no cardápio, estarão presentes todos os tradicionais sanduíches do restaurante, além dos acompanhamentos e sobremesas. O Vietnã é o 38º país asiático a se render à companhia. Com informações da Financial Times.

Sarney é internado em hospital no Maranhão com processo infeccioso

Postado dia 28 de Julho de 2013 às 23h01m

O senador José Sarney (PMDB-AP), de 83 anos, foi internado na madrugada deste domingo (28) em um hospital particular de São Luís, no Maranhão, com “processo infeccioso agudo”, segundo boletim médico divulgado pelo UDI Hospital. O parlamentar deu entrada no local à 0h30, com "quadro de febre e calafrios".
O boletim médico, que indica “quadro estável”, informa que exames iniciais laboratoriais, clínico e de imagem não apontam “alterações significativas” na saúde do parlamentar. A previsão é que ele permaneça internado até esta segunda-feira (29), em observação.
De acordo com a assessoria de imprensa de Sarney, ele foi levado para o hospital após sentir-se mal durante o casamento de uma neta, em São Luís. A assessoria informou que o próprio senador optou por ficar no hospital “por precaução”. Sarney fez exame de sangue e um raio-X

Vitória empata com o Coritiba no Couto Pereira

Postado dia 28 de Julho de 2013 às 22h57m

Na estreia do atacante André Lima, o Vitória arrancou um importante empate com o Coritiba nesta noite de domingo, em 1 x 1, no Couto Pereira, em partida válida pela nona rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. O time rubro-negro, comandado por Maxi Biancucchi, até saiu na frente do placar, mas Alex, em sua especialidade, em uma cobrança de falta, deu números finais ao duelo.

Marquinhos desencanta e Bahia vence o Goiás

Postado dia 28 de Julho de 2013 às 22h53m

Quando chegou ao Bahia, no início do ano, Marquinhos Gabriel disse que queria colocar um ponto final na longa sequência sem marcar gols na antiga equipe. Porém, o discurso do camisa 10 do tricolor se tornou realidade apenas na noite deste domingo (28). Contra o Goiás, na Arena Fonte Nova, ele marcou os dois primeiros gols no Bahia e comandou o triunfo do esquadrão por 2 a 1

MPL agenda nova manifestação para quinta-feira (1)

Postado dia 28 de Julho de 2013 às 22h50m

Em assembleia realizada neste sábado (27), o Movimento Passe Livre decidiu por mais uma manifestação na próxima quinta-feira (1). A concentração será às 10h, em frente a Câmara Municipal de Salvador e seguirão até a Estação da Lapa, onde prometem realizar o passe livre para quem estiver no local.
 
Ainda de acordo com os manifestantes, ao saírem da estação seguirão até a sede do Setps, no Comércio, quando também realização protestos. 
Na quarta-feira (31), eles devem fazer uma "Oficina de Agitação e Propaganda", com batucada, oficina de cartazes, grafite, estencil, em frente a Câmara.


Na Câmara, um grupo ainda permanece com a ocupação. Desde a última segunda-feira (22), manifestantes se acorrentaram nas dependências do plenário pedindo a imediata redução da tarifa de ônibus em Salvador, a concessão do passe livre para os estudantes, a abertura de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para investigar a planilha de gastos do Setps, e a instalação do Conselho Municipal de Transporte. A maioria deixou a Casa na quarta-feira (24).

 

 

Juntos, Dilma e Lula defendem PT, projeto e criticam oposição

Postado dia 28 de Julho de 2013 às 22h48m

A presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula estiveram na noite desta quarta-feira (24) em Salvador para participar do último seminário do PT sobre os 10 anos do partido no poder no Brasil. Juntos, os dois fizeram umajornada pela história do PT, ressaltaram a importância do projeto do partido no governo e criticaram a agenda oposicionista. Para ambos, os adversários tentam apagar a história negando as conquistas da gestão petista nem que para isto tenham de distorcer totalmente discursos como os que se vêem atualmente nas ruas do país.
 
Os discursos dos mais importantes petistas presentes à mesa do seminário que celebra a gestão da sigla no Brasil tiveram uma orientação comum: todos refletiram a necessidade de construir um discurso alternativo à "verdade" - por parte da oposição - de forma que isto consiga provar que há esvaziamento de realizações na última década. Este objetivo, além do mais, também é levado adiante por boa parte da imprensa brasileira, que anda de braços dados com projetos neoliberais e representantes de elites ainda inconformadas com a ascenção dos trabalhadores.
 
Lula falou primeiro e contou os primórdios da criação do PT e sua própria evolução de pensamento político. Segundo ele, as lições retiradas de derrotas seguidas e de como tratar a escalada ao poder deram “maturidade” à legenda para assumir a presidência em 2003. Por conta disto, foi possível transformar décadas de reivindicações de classes e movimentos populares em políticas públicas que eram inéditas até então, apesar da idade de mais de 500 anos do país.
 
o ex-gestor exaltou os movimentos de rua e disse que, atualmente, a oposição tenta fazer crer que as manifestações que eclodem em todo o país desde o ano passado mostram que o povo reprova o modelo petista de governar. “Prestem atenção porque muita gente quer que as pessoas esqueçam o que fizemos nos últimos 10 anos. E não são poucas pessoas, não”, alertou. Por conta deste tipo de reação, o ex-presidente disse que assumiu o cargo sabendo que não podia errar e alertou sua sucessora que, para ela, a tolerância será ainda menor.
 
“Eu sabia que eles não dariam uma nova chance a um peão e não vão dar uma nova chance a uma mulher. Por isto, companheira, prepare-se pro embate”, ressaltou em direção a Dilma. Para Lula, há perseguição dos meios de comunicação que reproduzem o modelo de pensamento conservador e que este “odeia” muito mais a ela do que a ele próprio. “Eu achava que a imprensa não gostava de mim, mas eles não gostam mesmo é de você”.

Histórico de Conteúdo

Enquete

Você é a favor da Redução da Maioridade Penal para 16 anos?

Resultado

©2013 Elite Estratégias Políticas - Todos os direitos reservados