Salvador, 18 de Janeiro de 2019 - Tel: (71) 2104-1959

Newsletter

Cadastre seu email para receber novidade por email.

Nome:

Email:

Fotos e Vídeos



Facebook

Noticias

Pesquisa mostra aumento do número de vítimas de crimes digitais

Postado dia 13 de Agosto de 2013 às 10h57m

 

O número de pessoas que já sofreram ou conhecem alguém que tenha sido vitima de crime digital passou de 12,7%, no ano passado, para 17,9% este ano, revela a quinta edição da pesquisa O Comportamento dos Usuários na Internet, feita pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo no Estado de São Paulo (Fecomercio/SP).

 

Segundo a pesquisa, apresentada nesta segunda-feira (12), os homens continuam a ser os mais atingidos, com 20,6% dizendo já ter sido vítima, contra 15,2% das mulheres. Feita em maio, a consulta fez 33 perguntas a mil pessoas na capital paulista.

 

Segundo informações da Agência Brasil, mesmo com os riscos freqüentemente apontados para operações na internet, o levantamento mostra que, no ano passado, 79,8% dos usuários usavam alguma ferramenta de prevenção e que, neste ano, o número caiu para 65,4%.

 

Entre os entrevistados, 66,6% disseram conhecer a nova lei de crimes cibernéticos e 16,3% acreditam que ela será suficiente. Perguntados sobre conteúdos ilegalmente espalhados pela rede, 65,9% disseram que o material irregular deve ser removido imediatamente, a pedido da vítima, e 34,1% responderam que isso deve ser feito por ordem judicial.

 

BN.

 

César Borges anuncia novo adiamento do trem bala entre SP e RJ

Postado dia 13 de Agosto de 2013 às 10h46m

O ministro dos Transportes, César Borges (PR), anunciou nesta segunda-feira (12) o adiamento do leilão para a construção do trem bala, que ligará São Paulo ao Rio de Janeiro, com custo estimado de R$ 35,6 bilhões. Este é a terceira vez que a data é alterada por falta de concorrência.

 

"Depois de muitas conversas e entendimentos com os prováveis participantes, sentimos que o certame caminhava para apenas um participante. E os outros prováveis participantes, concorrentes, solicitavam o adiamento do processo. Solicitaram mais tempo para formar seus consórcios", afirmou o ministro.

 

Empresários reclamam dos custos com a obra, pois o edital exige que a tarifa não passe de R$ 0,49 por quilômetro, o que deixaria a passagem com valor máximo de R$ 199, sendo que o Tribunal de Constas da União recomendou que a viagem não poderia passar de 99 minutos. O governo tenta realiza o leilão desde 2010 e garante que, apesar do novo adiamento, o sistema estará operando em 2020. 

 

 

BN.

 

Maioria dos profissionais estrangeiros do Mais Médicos preferiram o litoral

Postado dia 13 de Agosto de 2013 às 10h11m

Assim como os brasileiros, os médicos estrangeiros selecionados pelo programa Mais Médicos têm preferência pelas capitais e regiões metropolitanas.

 

Levantamento feito pelo jornal O Globo com as 27 capitais e as cidades de suas regiões metropolitanas mostra que elas foram o destino indicado para 52,21% dos 521 profissionais com registro de outros países. Mesmo quando somados estrangeiros e brasileiros formados no exterior, as capitais e regiões metropolitanas receberão pelo menos 51,05% do total de profissionais, ou seja, mais da metade.

 

Os índices são pouco diferentes dos observados no caso de médicos com registro no Brasil, em que 51,88% vão para as grandes cidades. Ao todo, o programa selecionou 1.305 médicos com registro no Brasil. Deles, 938 já tinham sido divulgados na terça-feira (6), enquanto a lista com os outros 367 saiu no sábado (10).

 

Os médicos já homologaram sua inscrição, isto é, já aceitaram trabalhar no município indicado pelo ministério.

R$ 90 milhões para recapeamento de ruas de Salvador

Postado dia 13 de Agosto de 2013 às 10h06m

  

Para resolver o problema dos buracos que tomam conta das ruas de Salvador, o secretário municipal de Infraestrutura e Defesa Civil, Paulo Fontana, disse que, por enquanto, só há a realização de medidas paliativas na cidade, ele anunciou para o fim deste ano o início da primeira etapa do programa de recapeamento planejado pela prefeitura, com a licitação de R$ 40 milhões em recursos.

 

“Dentro de 75 a 90 dias, vamos iniciar um programa amplo de recuperação de rodovias, inclusive com implementação de passeios em todas as ruas beneficiadas”, informou. Segundo Fontana, a próxima fase do projeto deve contar com mais R$ 50 milhões em verbas.

 

Ao que parece, no entanto, será preciso combinar com São Pedro a concretização do processo. Isso porque, de acordo com o secretário, o índice pluviométrico da capital baiana tem atrapalhado, e muito, as operações de tapa-buracos. “Não tivemos sorte de contar com o sol nos últimos meses. Em junho e julho, quase todos os dias foram de chuva, o que dificulta o trabalho. Às vezes, tapar buracos em dias chuvosos é jogar recursos no lixo”, alegou.

 

 Outra dificuldade apontada pelo gestor é a complicada relação entre a prefeitura e a Embasa, que seria a responsável pela abertura de até 90 cavidades por dia nas ruas graças aos trabalhos de manutenção e ampliação da rede de abastecimento de água.

 

“Isso nunca foi resolvido, mas nessa gestão vai ser. A ideia é fazer um convênio com a empresa para que ela nos ceda cinco frentes de serviço para acabar com as crateras. Tenho uma reunião marcada com o presidente da Embasa [José Abelardo Filho] nesta quarta [14] para tratar do assunto”, afirmou.

 

 

BN.

 

Após protestos, Dilma dobra o número de viagens

Postado dia 13 de Agosto de 2013 às 09h52m

A presidente Dilma Rousseff duplicou o número de viagens pelo país após os protestos de junho, informa reportagem da Folha de S. Paulo. Antes das manifestações, a petista mantinha a média de um dia de viagem para cada 7,3 dias de governo. Agora, muito mais presente em eventos fora de Brasília, a mandatária viaja um dia a cada 3,6 dias.

 

A popularidade de Dilma despencou após os protestos e atingiu 30%, o pior índice de sua administração. Em pesquisa Datafolha divulgada no último sábado (10), houve uma recuperação de seis pontos porcentuais. Além de viajar mais, Dilma tem concedido mais entrevistas a rádios locais.

 

“Ela está viajando, e a gente quer muito que ela faça isso. Onde a gente vai, mesmo que o enfoque não seja só positivo, sempre se consegue espaço nos jornais regionais”, afirmou o secretário de Comunicação do PT, Paulo Frateschi.

 

Como parte da nova postura, o objetivo do governo é o de que a presidente visite os cinco estados em que ainda não esteve desde a posse: Roraima, Amapá, Mato Grosso, Acre e Espírito Santo.

 

BN.

 

China registra nova morte por H7N9

Postado dia 13 de Agosto de 2013 às 09h33m

   

Um homem de 61 anos morreu em Pequim após ser infectado pelo novo vírus da gripe aviária - o H7N9, detectado no norte China - elevando o número de vítimas para 44 em todo o país.

 

A agência oficial de notícias Xinhua informou nesta terça-feira que a vítima em questão foi diagnosticada com o vírus no dia 20 de julho, quando foi transferido da província de Hebei à capital chinesa.

 

O paciente morreu ontem, segunda-feira, ao apresentar uma falência múltipla dos órgãos. Na última sexta-feira, outro caso de gripe aviária foi diagnosticado na província de Cantão, no sul da China, elevando o número total de infectados para 134.

 

As autoridades chinesas detiveram o plano de emergência perante a propagação de novo vírus da gripe aviária em maio, após várias semanas sem registrar novos contágios.

 

No entanto, a agência oficial Xinhua informou hoje que a situação continuou sendo acompanhada e que as autoridades retomarão os alertas perante a possibilidade de novos surtos durante o outono e o inverno. A variante H7N9 foi detectada na China em fevereiro, sendo que a maioria dos casos ocorreu no leste do país.

 

Na última semana, um estudo médico publicado pela revista "British Medical Journal" revelou que um dos casos provavelmente foi confirmado a partir da contaminação entre duas pessoas, uma tese que contraria a ideia de que o vírus não poderia ser transmitido entre humanos, mas somente a partir do contato com animais.

   

Saúde Não Tem Preço beneficiou 16,4 milhões de pessoas, diz governo

Postado dia 12 de Agosto de 2013 às 10h59m

A presidente Dilma Rousseff anunciou nesta segunda-feira (12) que o Programa Saúde Não Tem Preço (que oferece remédios gratuitos à população) beneficiou 16,4 milhões de brasileiros. De acordo com a presidente, só em medicamentos para asma, 781 mil pessoas em todo o país tiveram acesso a remédios indicados para o tratamento.

 

Esse fato teria contribuído para redução de internações relacionadas à enfermidade em 16% no Sistema Único de Saúde (SUS) no período de um ano. Dilma Rousseff ainda enfatizou que o Saúde Não Tem Preço também distribui sem custo para a população remédios para hipertensão e diabetes.

 

Os medicamentos ficam disponíveis nas farmácias da rede Aqui Tem Farmácia Popular e para as pessoas terem acesso a eles, precisam apresentar a carteira de identidade, CPF e receita médica dentro do prazo de validade.

 

O programa Farmácia Popular também oferece remédios com 90% de desconto.

 

Agência Brasil.

 

 

Marina tem até quinta-feira para oficializar criação do partido

Postado dia 12 de Agosto de 2013 às 10h55m

A ex-senadora Marina Silva tem pela frente quatro dias decisivos para uma eventual campanha ao Palácio do Planalto em 2014. Até a próxima quinta-feira (12), a Rede Sustentabilidade, encabeçada por ela, precisa validar cerca de 500 mil assinaturas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para regularizar o novo partido, criado para dar sustentação à sua candidatura presidencial.

 

A ex-petista é apontada por pesquisas eleitorais como o maior obstáculo à reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT). Reportagem do Correio Braziliense mostra que o partido tem o relógio como principal inimigo para o projeto, já que 300 mil assinaturas ainda precisam ser validadas para a formação da sigla. Com dificuldades para consolidar os documentos em cartório, a pré-candidata pode ser obrigada a estudar vias alternativas para encarar a disputa eleitoral. Hoje, a Rede informou que tem cerca de 800 mil assinaturas coletadas.

 

Dessas, 600 mil foram entregues aos cartórios, mas apenas 189 mil foram validadas. Integrantes da legenda alegam que a regularização é prejudicada pelo atraso dos cartórios. Segundo eles, os funcionários locais estariam sobrecarregados de trabalho, devido à implantação do sistema de biometria.

 

O movimento também já conta com 11 comissões estaduais, duas a mais do que o exigido pelo TSE, segundo os membros.

 

 

BN.

Beber energético em demasia traz risco à saúde e pode comprometer coração

Postado dia 12 de Agosto de 2013 às 10h41m

Para aqueles que ingerem energético em doses bem generosas, todo cuidado é pouco. Especialistas alertam que o consumo sem moderação desse tipo de bebida traz potencial risco à saúde, principalmente à do coração.

 

Segundo o cardiologista Alexsandro Fagundes, esse consumo imoderado pode resultar em efeitos como insônia, aumento da pressão arterial, problemas gastrointestinais, transtornos de ansiedade e até causar taquicardia. Ele diz que bebe geralmente uma latinha não costuma apresentar esses sintomas, mas a superdosagem pode causar reações como tremores, náuseas, diarreia e dor de cabeça.

 

De acordo com o cardiologista, os efeitos ocorrem devido à cafeína alterar o funcionamento do sistema nervoso central. Assim, é importante saber qual a quantidade de cafeína presente nesses produtos. "As marcas de energéticos, em sua composição, são diferentes uma das outras, elas não têm a mesma quantidade de componentes, não há regulamentação quanto a isso. A maioria concentra valor de cafeína equivalente a duas xícaras de café por unidade", diz o médico.

 

Fagundes diz que a tendência é as pessoas começarem a apresentar sintomas com consumo acima de 250 miligramas de cafeína por dia. Cinco xícaras de café de 50 ml já atingem essa quantidade. Ele orienta que crianças, idosos, diabéticos e cardíacos devem evitar o produto.

 

A Tarde. 

Dilma estuda importar engenheiros

Postado dia 12 de Agosto de 2013 às 10h29m

A presidente Dilma Rousseff já está estudando um modo de facilitar a vinda de engenheiros estrangeiros para trabalhar no Brasil, assim como fez com profissionais da área da saúde, no Programa Mais Médicos. Alguns ministros do chamado "núcleo duro" do governo estão tentando provar para a petista que a medida ajudaria a solucionar um dos problemas que atravancam o andamento de obras e o repasse de verba federal para municípios. 

 

Hoje, faltam nas prefeituras especialistas dispostos a trabalhar na elaboração de projetos básico e executivo, fundamentais para que a cidade possa receber recursos da União. As travas no repasse de dinheiro já foram identificadas por Dilma como um dos obstáculos para que o Executivo consiga impulsionar o crescimento econômico e acelerar obras de infraestrutura – dois gargalos que poderão custar caro para a candidatura à reeleição. 

 

O governo já investe hoje no estágio e na especialização de engenheiros brasileiros no exterior com o Ciência Sem Fronteiras, programa comandado pelos ministérios da Ciência e Tecnologia e da Educação. Mas a ideia estudada no Palácio do Planalto é ir além, aproveitando os profissionais de fora já prontos, para que tragam expertise e preencham lacunas em regiões hoje desprezadas pelos brasileiros.

 

A proposta inicial é importar especialmente mão de obra de nações que enfrentam crise econômica e têm idiomas afins, como Portugal e Espanha. Para o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, a falta de engenheiros é apenas uma das dificuldades para que os municípios recebam investimentos federais.

 

"Além da dificuldade em formar um quadro com engenheiro civil, mecânico e agrônomo, a demora na liberação de licença ambiental e a dificuldade para comprovar a propriedade de um terreno também atrapalham muito", avalia Ziulkoski.

 

BN.

Histórico de Conteúdo

Enquete

Você é a favor da Redução da Maioridade Penal para 16 anos?

Resultado

©2013 Elite Estratégias Políticas - Todos os direitos reservados