Salvador, 22 de Outubro de 2018 - Tel: (71) 2104-1959

Newsletter

Cadastre seu email para receber novidade por email.

Nome:

Email:

Fotos e Vídeos



Facebook

Home » Notícias » Estimativa de população portadora de lúpus em Salvador é de 1.500
Cerca de cinco milhões de pessoas sofrem de lúpus no mundo. A doença autoimune, que não tem causa conhecida, não tem número certo de lúpus estabelecido na Bahia.
 
De acordo com Mittermayer Santiago, Chefe do Serviço de Reumatologia do Hospital Santa Izabel (HSI), Médico Reumatologista do Hospital Universitário Prof. Edgard Santos (HUPES) e Diretor Técnico da Clínica SER da Bahia, estima-se que em Salvador tenha mais de 1500 casos da doença e mais de sete mil casos na Bahia.
 
O dia internacional do lúpus é comemorado nesta quarta, 10 de maio. Para o médico, "infelizmente a grande maioria da população nada conhece sobre lúpus" e a divulgação da doença é uma forma de desvendá-la para a sociedade.  
 
O lúpus acomete principalmente mulheres jovens e consiste na produção de anticorpos contra várias partes do organismo. Por ter manifestações clínicas variadas, o diagnóstico da doença é dificultado.
 
Dor e inchaço em articulações, além de manchas sensíveis à exposição são sintomas frequentes. Além de queda de cabelo, febre, perda de apetite, entre outros. A doença não é hereditária e não é transmissível.
 
"As medicações mais usadas são os corticoides, antimaláricos e os chamados imunossupressores que inibem o sistema imunológico do paciente e assim controlam a doença", explicou o médico.
 
 
 
BN.
Compartilhar

Histórico de Conteúdo

Enquete

Você é a favor da Redução da Maioridade Penal para 16 anos?

Resultado

©2013 Elite Estratégias Políticas - Todos os direitos reservados